A Caverna de Morla em Bonaire

Bonaire, sendo uma ilha composta, principalmente, de rochas calcárias, mostra uma série de formações geológicas, cavernas, cumes cársicos e cavernas, entre outros.

Há uma série de relatórios e levantamentos das cavernas interiores que podem ser encontrados em toda a ilha, mas há pouca informação sobre as formações geológicas submarinas.

Caverna de Morla em Bonaire

Caverna de Morla em Bonaire

Isso, principalmente, devido às condições extremamente complicadas, e muitas vezes perigosas, da água. Mar agitado, as ondas altas, de surf e falta de pontos de acesso para o mar ou infra-estrutura torna as pesquisas regulares quase que inviáveis.
Equipamentos e profissionais como mergulhadores de caverna e mergulhadores técnicos são necessários e acrescentam mais obstáculos para a realização de explorações consistentes. Por causa disso, as cavernas do mar e outras cavernas permanecem praticamente inexploradas e, definitivamente, em situação irregular.

Caverna de Morla Bonaire

Caverna de Morla Bonaire

A Caverna de Morla é um dos exemplos mais espetaculares. Primeiramente documentada por membros CARIBSS*, este enorme caverna contém maravilhas que são únicas para a ilha de Bonaire. Originalmente esculpidas nas paredes de pedra calcária, quando o nível do mar era mais baixo, milhares de anos atrás, esta caverna permaneceu intocada por centenas de anos, contando-nos uma história que pode revelar como a ilha parecia há muito tempo.

A enorme cúpula interior mostra sinais de antigos colapsos, grandes pedras caíram do teto, ampliando o já enorme espaço. Podemos dizer que a caverna era, pelo menos, parcialmente seca, uma vez que, de acordo com as formações esculpidas em algumas das maiores pedras, provavelmente originados pelo gotejamento de água.

Caveira Caverna de Morla em Bonaire

Caveira Caverna de Morla em Bonaire

Mas há mais maravilhas dentro. A caverna é um enorme cemitério de tartarugas. Tanto tartarugas antigas quanto mais novas poderiam ter perdido a direção e entrado na caverna se afogando, eventualmente, dentro dela. A prova disso é a grande quantidade de ossos, incluindo grandes crânios, que pode ser encontrada na parte inferior. Um esqueleto particularmente grande, e quase completo, chama a atenção, dando o nome à caverna (Morla, a antiga tartaruga do livro “The Neverending Story”, de Michael Ende).

A relevância natural desses restos ainda está para ser esclarecida. Alguns dos ossos parecem novos, outros mostram sinais claros modernas de fossilização, e alguns outros ainda aparecem enterrados na areia. Estes restos estão sob pesquisa e não pode ser manuseados ou retirados.

Tubarão -Caverna de Morla em Bonaire

Tubarão -Caverna de Morla em Bonaire

Outros habitantes inesperados podem ser avistados, como lagostas, camarões e peixes como a brótula.

(tradução livre de http://www.caribss.org/en/news/wet-caves-of-bonaire-morlas-cave/)

*CARIBSS foi fundada em 2016 na ilha de Bonaire por um grupo diversificado de profissionais dedicados que compartilham uma paixão fortepor diferentes aspectos de cavernas, incluindo exploração, património cultural, ecologia, geologia e recreação, entre outros.

2018-04-17T13:00:04+00:00